1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (120.922 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Feirão da Caixa 2018 – Uberlândia MG

É difícil encontrar hoje em dia alguém que não tenha o sonho de ter uma casa própria, até porque não existe nada mais gostoso do que ter a própria casa e deixar ela do jeito que quiser, por isso o feirão da caixa é um evento tão esperado, é através dele que os compradores tem acesso a maiores vantagens e facilidades na hora de comprar um imóvel e assim sair do aluguel, por isso vamos falar um pouco mais sobre o Feirão da Caixa MG 2018, não perca essa ótima oportunidade.

Feirão da Caixa 2018 – O que é Isso?

O Feirão da Caixa é um feirão de venda de imóveis, esse feirão acontece todos os anos e passa por diversas cidades diferentes levando várias facilidades para os compradores que desejam comprar um imóvel novo, o feirão é organizado pela Caixa Econômica Federal e já está no seu 13º ano, o sucesso é enorme já que com ele é possível é comprar um imóvel novo, na planta ou em construção com vantagens exclusivas.

 Feirão da Caixa Uberlândia

Feirão da Caixa Uberlândia.

Além disso, comprando no feirão da Caixa os compradores tem acesso às menores taxas de juros do mercado e também aos melhores prazos de pagamento, isso faz com que o feirão da caixa seja a melhor oportunidade para quem quer comprar um imóvel novo.

Nessa edição de 2005 o foco principal são os imóveis de até R$190 mil do Minha casa Minha vida, é a melhor opção de compra para as famílias de baixa renda que desejam sair do aluguel.

Feirão da Caixa Uberlândia 2018 – Quando Acontece?

Os moradores de Uberlândia já podem começar a se preparar para receber o feirão da Caixa, a partir maio, ele acontecerá no Center Convention que fica na Avenida João Naves de Ávila, 1331, 38408-100.

Feirão da Caixa Uberlândia 2016

Feirão da Caixa Uberlândia 2018. Imagem:divulgação

Feirão da Caixa Uberlândia 2018 – Como Posso Participar?

Para participar é bem simples, basta ir até o local do feirão e levar todos os documentos pessoais, como RG, CPF e certidão de nascimento e começar as negociações, mas é importante levar também o comprovante de residência e de renda que é diferente dependendo da situação do trabalhador.

No caso do trabalhador autônomo é necessário levar os últimos extratos bancários, faturas e uma copia do imposto de renda já com o comprovante, é preciso levar tudo isso porque será feita uma análise mais profunda.

Já no caso de trabalhador registrado basta levar os três últimos comprovantes de renda e no caso de aposentados ou pensionistas é só levar o último comprovante do benefício.

Recomendados para você: