1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...

Como participar do Feirão da Caixa 2017

Sair do aluguel e conquistar a casa própria é um dos sonhos da maioria dos brasileiros, afinal quem não deseja mais segurança financeira para sua família. Porém é preciso ter paciência, já que nem sempre o orçamento apertado facilita a busca por um financiamento tradicional, sendo assim é preciso ficar de olho nas oportunidades. E grande parte dessas oportunidades está justamente no Feirão da Caixa.

Quer sair do aluguel e realizar o sonho da casa própria em 2017? Então veja mais sobre o Feirão 2017 e como você pode participar do evento.

Feirão da Caixa 2017, O que é:

O Feirão da Caixa é um evento que acontece a cada ano nas principais capitais brasileiras desde 2004. Organizado pela Caixa Econômica, ela tem duração de três dias em média e reúne imobiliárias e construtoras, que se esmeram para trazer as melhores facilidades de pagamento para os interessados em financiamentos de imóveis.

Ampliar o número de imóveis vendidos é uma das expectativas do Feirão da Caixa 2015 (Imagem: Divulgação)

Ampliar o número de imóveis vendidos é uma das expectativas do Feirão da Caixa 2017 (Imagem: Divulgação)

Vale lembrar que, além dos financiamentos tradicionais, também é possível adquirir a casa própria com o programa Minha Casa Minha Vida, que oferece financiamentos para famílias com renda bruta de até R$ 5.000 e prazo de pagamento de até 30 anos. Ou seja: uma oportunidade e tanto!

Calendário Feirão da Caixa 2017

O Feirão da Caixa 2017 começa a partir de abril e tem duração média de três dias. Sendo assim, fique de olho nas notícias de sua cidade.

Feirão da Caixa 2017, como participar?

Para participar do Feirão da Caixa basta comparecer ao local do evento levando documentos como RG, CPF, comprovantes de endereço e de renda. Essas informações servirão para simulação de financiamento e concretização dos negócios que você desejar.

Para a comprovação de renda por parte do interessado os documentos solicitados podem variar de acordo com a situação profissional. Veja só:

  • Trabalhador contratado em regime CLT: Deve levar RG, CPF, comprovante de endereço e os três últimos holerites.
  • Trabalhador autônomo: Deve levar RG, CPF, comprovante de endereço, os três últimos extratos bancários e também a declaração do imposto de renda.
  • Trabalhador Aposentado: Deve levar RG, CPF, comprovante de endereço e o último comprovante do benefício.

Outro item que é muito útil é o valor do FGTS, já que esse dinheiro pode ser usado como valor de entrada na maior parte dos financiamentos imobiliários.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Uma dica importante é ter a noção do que está procurando: casa ou apartamento, localização e número de cômodos assim como o valor que julga poder arcar no financiamento. Assim você não perde tempo entre estandes que talvez não tenham nada de interessante para o seu caso.

Boa sorte!

Recomendados para você: