1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...

Minha casa Minha vida – Nova faixa de financiamento na 3ª fase

Minha casa Minha vida – Nova faixa de financiamento na 3ª fase

O Minha Casa Minha Vida já beneficiou mais de 2 milhões de famílias durante a primeira e a segunda fase do programa que constrói e vendi imóveis sem arrendamento para famílias de baixa renda, financiando atá 96% do valor da residência. Durante a fase 3 do programa, que inicia no ano de 2015, ainda devem ser construídas e entregues mais 3 milhões de moradias em todo o país, além da instituição de uma nova faixa de renda para outras famílias serem atendidas.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Faixa de renda da 3° fase do programa

O Minha Casa Minha Vida atende a famílias em três faixas de renda mensal. A primeira de até R$ 1.600,00, pode financiar até 96% do valor de venda da unidade habitacional. As famílias com rendas de até R$ 3.275,00 e até R$ 5 mil podem conseguir subsídios, descontos em taxas e em seguros habitacionais.

Para a terceira fase do programa, o governo deve criar uma nova faixa entre a I e a II, para famílias com renda de R$ 1.600,00 até R$ 3.100,00, isso deve aumentar o subsídio para aqueles que antes já entrariam na segunda faixa de renda do Minha Casa Minha Vida. Outra diferença é que as famílias da faixa I pagam no máximo R$ 80,00 de parcela do financiamento, já aqueles que tinham renda de R$ 1.610,00 já entram na faixa seguinte, com parcelas de R$ 400,00, o que será alterado com a nova renda.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Inscrições no Minha Casa Minha Vida

Na maioria das cidades, o cadastro é feito nas Prefeituras Municipais, nas Secretarias de Habitação e nas Companhias de Habitação. É preciso acessar o endereço eletrônico da prefeitura de onde o candidato mora, para obter todas as informações sobre o período de inscrição no Minha Casa Minha Vida , pois não há um calendário definido.

Segundo os critérios do programa, podem se cadastrar brasileiros que sejam maiores de 18 anos ou emancipados. Os candidatos devem ser moradores do município onde moram por pelo menos três anos, não devem ter imóveis próprios, nem ter participado de outros programas habitacionais. As famílias moradoras de áreas de risco, pessoas com deficiência física, idosos e mulheres responsáveis pelo sustento da família tem prioridade no cadastro e no sorteio.

Minha Casa Minha Vida sorteios

Após a inscrição e aprovação do cadastro pela prefeitura, a família candidata participa dos sorteios públicos que seguem os critérios de prioridade. A família, sendo sorteada, deverá comparecer em local, que será divulgado no dia do sorteio, com toda a documentação solicitada. Essa é avaliada pela Caixa e após a assinatura do contrato, é feito o financiamento de no máximo 120 meses. O valor da parcela é de até 5% da renda familiar e o financiamento tem como garantia o próprio imóvel e depois da assinatura do contrato a família terá até 30 dias para se mudar na nova casa.

Minha casa Minha vida 2015 (imagem: divulgação)

Minha casa Minha vida 2015 (imagem: divulgação)