1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...

Minha Casa Minha Vida 2018 – SP

Aquelas pessoas que moram no estado de São Paulo e desejam participar do Minha Casa Minha Vida em 2018 deve ficar atento, pois os cadastros podem ser abertos e ficam por tempo determinado e as pessoas acabam perdendo a oportunidade de realizar o sonho da casa própria.

Esse é um programa do Governo de São Paulo com uma parceria com a Caixa Econômica Federal que oferece casa para financiar para famílias carentes, principalmente para aquelas que vivem em situação de risco. No entanto outras famílias também podem se beneficiar do programa para comprar o seu imóvel, seja casa ou apartamento.

Minha Casa Minha vida 2014 - SP

Minha Casa Minha vida 2018 – SP (Foto: Divulgação)

O Programa Minha Casa Minha Vida faz parte do programa Nacional de Habitação e oferece financiamento de imóveis em até 30 anos. Vale lembrar que os mutuários podem usar o método de financiamento usando a tabela SAC onde o Sistema de  Mortização é constante, ou seja, a divida vai diminuindo através de um percentual fixo desde o inicio do financiamento.

O Programa Minha Casa Minha Vida pode beneficiar famílias com renda bruta de até R$ 5.000,00 (cinco mil reais) e apresenta taxas de juros diferenciados conforme o valor do financiamento e a faixa de renda apresentada pelo candidato. Portanto, se você ganha até três salários mínimos aproveite as oportunidades que o programa oferece na aquisição do seu imóvel.

Os juros do Programa Minha Casa Minha vida correspondem a renda de cada família, para ajudar você a ficar por dentro do financiamento feito pela COHAB  e das taxas confira abaixo:

– Famílias com renda de 3 a 5 salários mínimos – Juros de 5% ao ano além da TR;

– Famílias com renda de 3 a 6 salários mínimos – Juros de 6% ao ano;

– Famílias com renda de 6 a 10 salários mínimos – Juros com 8,16% ao ano e TR.

Cadastro Minha Casa Minha vida 2018 – SP

Você poderá fazer seu cadastro no Minha Casa Minha Vida através da prefeitura dos municípios que participam do programa e nos locais de movimento social. Para fazer seu cadastro é preciso ter em mãos os seguintes documentos:

RG (identidade),

CPF,

Ficha de cadastro Habitacional,

Holerite dos últimos 6 meses,

Extrato recente do FGTS,

Declaração de Imposto de Renda,

Cópia Carteira de Trabalho,

Certidão do Estado Civil,

Comprovante de Despesas e Declaração do IR

Estando com os documentos em mãos faça sua inscrição para não perder a oportunidade.

Recomendados para você: